sexta-feira, 30 de julho de 2010

DIA 25, DIA DO ESCRITOR

" A boa literatura não está interessada
em coisa nenhuma.
É algo que vem
do coração do escritor. "

Ruth Rocha

Domingo passado foi o Dia Nacional do Escritor. A data foi escolhida em 1960, por decreto governamental, após o sucesso do I Festival do Escritor Brasileiro, que a UBE - União Brasileira de Escritores - organizou por iniciativa de seu presidente, João Peregrino Júnior e de seu vice-presidente, Jorge Amado.

A data quase me passa se não fosse pelo e-mail do Severino, escritor e leitor lá de Pernambuco, que me escreveu o seguinte:

Tânia Alexandre Martinelli,

meu nome é Severino Rodrigues, moro em Pernambuco e hoje, finalmente, escrevo este e-mail. rsrs Queria ter enviado há algum tempo já, mas decidi que hoje escreveria e aproveitaria para lhe mandar um EXCELENTE DIA DO ESCRITOR.

Acabei de ler PERSEGUIÇÃO há alguns meses atrás. Por isso, devia ter escrito antes. A história da Malu e do Leo está muito bem escrita. A questão do bullying também foi bem trabalhada. Infelizmente, é que isso é constante em nossos colégios. Às vezes, os Leos é que viram os vilões... Fazer os jovens estudantes pensarem sobre o tema, talvez seja o melhor modo de lidar com o problema.

Olhando seu blog, percebi que você gosta de trabalhar com questões polêmicas. Você gosta de questionar os jovens e fazer eles se questionarem. Isso é bom! rsrs

Curiosamente, sou graduando em Letras (UFPE), mas ainda não entrei em sala de aula. Embora deseje bastante. Sou um jovem escritor, tenho apenas dezenove, mas sem nenhuma obra publicada ainda. Apenas uns contos e uns poemas. Quero ser escritor de Literatura Juvenil.

Gostaria de saber um pouco do seu trabalho de escritora. Da ideia ao livro publicado e exposto nas livrarias, como é seu processo de escrita?

Um grande abraço do

Severino.

Quando eu lhe escrevi dizendo que tinha me esquecido da data, ele falou: "Pode isso, não!"
Claro que não. Tem razão, Severino. Bronca merecida.

Agradeço a ele pela lembrança, e a todos os demais leitores: sem vocês, nós, escritores, não conseguiríamos exercer a profissão que escolhemos nem dedicarmos à escrita o amor que ela merece.

escritores autografando. Livraria Martins Fontes, São Paulo, 2009.

Um comentário:

Severino Rodrigues disse...

Mais uma vez, obrigado pelo carinho, Tânia!

Grande abraço!